agências;

now browsing by tag

 
 

Conteúdo: sua agência está prestando atenção nele?

Em novembro do ano passado, ao participar de um evento no Rio de Janeiro, Jonathan Mildenhall (VP de excelência de conteúdo global da Coca-Cola) declarou: “as nossas agências de publicidade agora têm como desafio de não apenas apresentar soluções publicitárias clássicas, mas, sim, pensar em plataformas de conteúdo.” Com o recado, o executivo acentuou a discussão sobre algumas das mudanças que as agências de publicidade tradicional estão passando para acompanhar a evolução do mercado. Não apenas no âmbito digital, em todas as formas de comunicação.

O assunto não é novo, mas quando um alto executivo de uma das maiores anunciantes do mundo faz uma afirmação como essa, de forma categórica, o debate pode estar mudando de estágio a olho nu.

 

Pelo mundo afora, encontramos muitas ações de conteúdos englobadas às estratégias das marcas. ARed Bulletin Magazine (da Red Bull), por exemplo, é uma das revistas mais lidas do mundo. A 3M Inovação, com dicas inspiracionais e educativas, mantém o website para aproximar os seus clientes e fornecedores. Já a Intel, com o canal Diálogo TI, apresenta informações técnicas com o público-alvo.  E o que esses exemplos têm em comum?

 

Conteúdo e relevância no ramo de atuação do cliente

Quando a Red Bull decide investir fortemente nos esportes radicais e, consequentemente, na produção de conteúdo relacionado ao tema, passa a mensagem de ser referência no assunto. O consumidor, ao adquirir o seu produto, entende a estratégia relacionada. O conteúdo não é desconectado da marca, eles andam juntos.

Muitas vezes o consumidor quer fazer parte e se envolver com sua marca favorita. Outras vezes ele quer aprender, se informar e se aprofundar no tema X que o negócio oferece. Por isso, o conteúdo deve ser relevante e coerente com a necessidade dos públicos-alvo da empresa. Falar que faz marketing de conteúdo e produzir inúmeros conteúdos não é uma barreira. O diferencial é saber o que, quando, onde e como entregar o conteúdo.

 

Conteúdo para ser encontrado

Segundo uma pesquisa feita pela Power Reviews, 79% dos entrevistados afirmaram realizar ao menos metade de suas pesquisas sobre um produto na internet antes de fazer uma compra. E mais: 15% dos pesquisados afirmou gastar 90% ou mais de seu tempo online pesquisandoprodutos.

A Google, em seu estudo o Momento Zero da Verdade, fala sobre a mudança no processo de compra dos usuários e a importância de conteúdo para ser encontrado antes mesmo de eles chegarem à prateleira.

Um bom trabalho de otimização (SEO) ajuda na hora de deixar o cliente bem posicionado para ser encontrado pelo público.

 

Como atrelar conteúdo com resultados

As agências, atualmente, enfrentam o dilema de cada vez mais comprovar o retorno sobre os investimentos (ROI) feitos em marketing digital. O marketing de conteúdo entrega resultados porque tem um objetivo: encaminhar o potencial cliente durante toda a jornada de compradesde o primeiro contato até se tornar consumidor, de fato, dos produtos ou serviços das empresas. E até além disso: reter os clientes atuais, fazê-los comprar novamente, divulgar a marca e defendê-la.

Nas estratégias de Inbound Marketing, o conteúdo tem alguns papéis: atração de visitantes, conversão deles em Leads, relacionamento para levá-los a ser clientes e relacionamento pós-venda. (Veja mais sobre cada etapa neste post.) É um ciclo completo, o que significa que quanto mais a estratégia de conteúdo do seu cliente estiver alinhada com a estratégia comercial, maior a probabilidade de resultados vindos de canais de informação como blog, mídias sociais, site e etc.

Exemplos podem ser: blog para atração de visitantes sobre um tema relacionado à área de atuação do cliente, conteúdos atrás de formulários (eBooks, webinars) para a geração de Leads, infográficos para educar Leads e deixá-los mais preparados para a compra e por aí vai.

 

E então? Como está a sua agência diante desse cenário? Recomendo uma reflexão sobre a sua situação e como quer tê-la posicionada nos próximos anos.